Espelho Espelho Meu

Enquanto arruma as malas, Samantha olha para o seu futuro ex-quarto. Ao contrário da maioria dos quartos de garotas adolescentes, as paredes não estão decoradas com pôsteres de bandas e seus cantores bonitos. Ao invés disso, o ambiente cuidadosamente arrumado contém uma abundante coleção de réplicas de obras de arte, ilustrações fantasiosas que parecem saídas de revistas em quadrinhos europeus, e desenhos. Ela gosta de desenhar. Não que ela seja boa nisso, mas não importa. Continuar lendo

Anúncios

A Verdadeira Música

Sentado sozinho no palco, ele faz vibrar a corda de uma guitarra enquanto gira a tarraxa, o som baixo gradualmente mudando. Ele faz isso devagar. Uma a uma, as notas vindo do instrumento entram em afinação, e então ele começa a tocar uma música. É suave e agradável, um som que acalma, como uma melodia que já ouvimos antes e nos diz que tudo vai ficar bem. Ele repete o processo na segunda guitarra, então no baixo. O teclado não precisa de afinação, mas ele toca a música nele mesmo assim, ajustando o volume. Ele aperta os parafusos da bateria e checa os microfones. Com tudo pronto, ele vai até a mesa de som e a liga. Continuar lendo

Achados, e Perdidos

Neste exato momento, eu estou na casa de um estranho, indubitavelmente invadindo, mesmo que eu me sinta imbuída de uma espécie de obrigação moral. O dono da casa e sua esposa acabaram de entrar, sem saber da invasora, que está estupidamente escondida debaixo da cama no quarto principal. Não me julguem, eu não posso dizer que estou pensando direito agora. Ou desde que eu resolvi entrar na casa desse cara. “E como, Jess, você foi se meter nessa enrascada?”, você deve estar se perguntando. Bem, tudo começou alguns dias atrás, quando um estojo de formato incomum foi encontrado numa estação de metrô. Continuar lendo